Bolsonaro anuncia três ministros, critica a mídia e reafirma bandeiras