Com 82% de reprovação, Temer vira o presidente mais impopular da história