Cidades


Notícias



Colunistas


Notícias

Jovem que escondia gravidez entra em trabalho de parto e arremessa bebê do 10º andar em SP

Um bebê recém nascido aos setes meses de gestação morreu após ser jogado do 10º andar de um prédio da cidade de São Paulo na madrugada desta sexta-feira (7). Segundo a Folha de S. Paulo, uma estudante de direito de 18 anos é a suspeita de cometer o crime.

De acordo com o 42º DP, o bebê, já formado, do sexo feminino, foi encontrado por uma faxineira, por volta das 7h, no parquinho de um prédio vizinho.

Conforme apurado pela Folha, a estudante afirmou que entrou em trabalho de parto, por volta das 20h de quinta. Após dar à luz, a jovem escondeu a placenta no ralo do banheiro e, logo após a meia-noite, arremessou o bebê pela janela.

A polícia investiga se a criança morreu após a queda do prédio, no choque contra o vaso sanitário, ou que tenha nascido morta. 

Os familiares tomaram conhecimento da gravidez, de acordo com a polícia, somente depois de encontrarem a placenta no banheiro. A família encaminhou a estudante até o hospital João 23, onde ela permanecerá por 48 horas em observação. Durante este período, ela poderá ser submetida a uma audiência de custódia. 

O bebê apresentava ferimentos na cabeça. Exames vão determinar se o parto foi natural ou por aborto. 


Categorias

Bahia Comportamento Curiosidades Política

Enquete


PodCast