Cidades


Notícias



Colunistas


Notícias

José Ronaldo quer Bruno Reis e Lázaro na chapa

 

Por Rodrigo Daniel Silva

Vice-prefeito, no entanto, tem mostrado pouco interesse em entrar na corrida eleitoral. 

Pré-candidato ao governo da Bahia, José Ronaldo (DEM) deixou claro que quer o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), e o deputado federal Irmão Lázaro (PSC) como integrantes de sua chapa. O aspirante ao Palácio de Ondina deseja o social-cristão como candidato a vice na composição e, neste cenário, o número 2 do Palácio Thomé de Souza seria o segundo postulante ao Senado. O primeiro é o parlamentar Jutahy Magalhães Júnior (PSDB), que já foi confirmado na majoritária. “Bruno é um nome excelente, porque é uma pessoa que tenho muito respeito e gosto. Bruno é extremamente trabalhador e, não tenho a menor dúvida, que fazendo parte da chapa, vai dar uma grande parcela de contribuição. Não descarto a presença de Bruno, até porque acho e repito que tem grandes qualidades. Se fosse possível realmente a gente ter Bruno na chapa, seria um grande prazer”, afirmou Zé Ronaldo. 

O vice-prefeito da capital baiana não tem descartado a hipótese de compor a chapa, mas tem mostrado pouco interesse em entrar na corrida eleitoral. Os aliados do prefeito ACM Neto (DEM) entendem, entretanto, que Bruno Reis é um nome importante para a composição, porque está diretamente atrelado ao chefe do Palácio do Thomé e poderia herdar parte dos votos do presidente nacional democrata. Outro fator é que, se a oposição for derrotada na eleição, o vice-prefeito poderá permanecer no cargo. 

Por outro lado, há quem tenha receio de colocar o nome de Bruno na disputa eleitoral por entender que ele é o candidato natural à sucessão do prefeito em 2020, e uma eventual derrota na capital traria desgaste à imagem. Sobre Irmão Lázaro, o pré-candidato ao governo afirmou que seria um “sonho” ter o cantor-político como candidato a vice. “Seria o meu sonho, mas não sou eu que decido a cabeça do Lázaro, que tem suas próprias opiniões e ideias. Eu tenho o meu sonho. Se vou conseguir realizar, não sei”, asseverou. 

Em entrevista à Tribuna, o futuro presidente do PSC na Bahia, o deputado estadual Heber Santana, voltou a descartar a possibilidade de Lázaro na vice. “A gente mantém a nossa posição de que Lázaro é candidato ao Senado”, afirmou. O parlamentar não rejeitou a chance de se aliar ao pré-candidato do governo do MDB, João Santana, caso o cantor-político fique de fora da chapa de Zé Ronaldo. “A candidatura de Lázaro é prioridade para gente. Não sendo possível [na majoritária do ex-prefeito de Feira de Santana] vamos tentar viabilizar de outra forma. Já recebemos sinalização positiva do MDB”, pontuou.

DEM define candidatura presidencial até dia 20

Presidente nacional do Democratas, o prefeito ACM Neto disse, ontem, que o seu partido quer definir até o dia 20 de julho sobre quem vai apoiar na eleição presidencial deste ano, já que a candidatura do dirigente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, está praticamente descartada. Segundo o chefe do Palácio Thomé de Souza, o DEM hoje está dividido entre Geraldo Alckmin (PSDB), Ciro Gomes (PDT) e Álvaro Dias (Podemos). 

“Cabe ao presidente [da sigla] intermediar as opiniões. O que eu vou fazer? Vou traduzir o desejo da maioria do partido. A gente não está brigando. Estamos tratando do futuro do Brasil [...]. A gente tem noção do nosso tamanho, da nossa responsabilidade. É natural que exista opinião interna diferentes. Eu vou procurar extrair o sentimento da maioria”, afirmou.

Neto disse ainda que a agremiação vai “respeitar” os estados que queiram apoiar outro candidato ao Palácio do Planalto que não seja o escolhido pela sigla. “Nós vamos respeitar eventuais opiniões contrárias. Eventualmente, [vamos respeitar] um estado que queria tomar uma posição [diferente], um pré-candidato que queira seguir outro caminho. No meu partido, não tem essa coisa de todo mundo pensar da mesma forma”, pontuou. Inserção de foto (Antonio Mascarenhas),Tvsaj.com.br; Matéria,Tribuna da Bahia (foto Carlos Augusto)


Categorias

Bahia Curiosidades Política

Enquete


PodCast