Cidades


Notícias



Colunistas


Notícias

Por pouco vida não foi ceifada em incêndio na manhã dessa quarta-feira, 30, na 1a. Tv da Urbis 1, em S.A.JESUS

Por ANTONIO MASCARENHAS

Volta e meia, nos diversos rincões do país, acidentes, principalmente no ambiente doméstico, vem ocorrendo, seja na zona rural, seja na zona urbana.  Na maioria das vezes, colocando em risco a integridade física de moradores e, até, da vizinhança. Acidentes que, quase sempre, acontecem por conta dos chamados "vacilos" ou  em decorrência de problemas em instalações elétricas, hidráulicas e de infaestrutura. Também frequentes acidentes relacionados à utilização de botijões de gás de cozinha. 

Uma fiação sobrecarregada (várias ligações num único terminal de energia), subdimensionamento de fiação; conecções hidráulicas mal coladas; vedações mal feitas nas mangeuieras de botijões de gás, etc, acontecem em vários lares espalhados pelo país afora.  Situações que, convenhamos, merecem reflexões, mas que as indústrias continuem afixando instruções acerca dos produtos a serem comercializados, com melhor facilidade de compreensão por parte dos usuários e que os poderes públicos possam exercer fiscalização e, também, orientações acerca de cuidados necessários com relação à energia, serviço de água, etc. 

Embora desconheçamos o motivo que propiciou tal acontecimento, um morador da 1a. Tv da Urbis 1, na manhã dessa quarta-feira, 30, em Santo antonio de Jesus, por pouco teve sua vida ceifada após duas salas de sua residência serem tomadas pelo fogo que se alastrou, queimando sofá, objetos  sobre a geladeira e chamuscando teto e paredes, culminando, inclusive, com a precipitação de parte do reboco do teto das áreas atingidas (cozinha e copa). Na sala onde se achava o sofá (totalmente queimado), onde, provavelmente (a perícia deve ter feito levantamento) deve ter se iniciado o incêndio. Do outro lado da meia parede, um fogão ligado ao botijão de gás que, felizmente,  não foi atingido graças às ações dos moradores vizinhos.  

Moradores da residência ao lado, conseguiram amenizar o fogo jogando água que foi captada diretamente da rede hidráulica. Segundo relato de moradores, o morador da residência em epígrafe conseguiu sair no momento do fogo, todavia, com visíveis dificuldades respiratórias. O SAMU, após ter sido acionado, chegou ao local, a tempo de prestaros primeiros socorros para, em seguida, levá-lo  para atendimento mais específico no Hospital Regional. Uma situação lamentável mas que, felizmente, não provocou consequências maiores. Por outro lado, oportunidade para que todos nós possamos refletir sobre a necessidade de mais atenção com situações que possam gerar acidentes no ambiente doméstico. Fotos Antonio Mascarenhas (www.tvsaj.com.br).

 


Categorias

Acidentes Bahia Curiosidades Recôncavo

Enquete


PodCast