Cidades


Notícias



Colunistas


Notícias

Guaiamun é riscado do cardápio. Ou é assim ou a espécie se acaba

Está valendo, desde segunda, 30, a Portaria 161, do Ibama, de 20 de abril de 2017. Ela proíbe a captura de 25 espécies dos mares e dos rios, entre elas duas conhecidas, uma de alguns, o bagre branco, outra de todos os habitantes das áreas litorâneas do Brasil, o guaiamum, um primo próximo do caranguejo sá.

Quem tem estoques pode comercializar até 30 de junho, com o detalhe: é obrigado a comunicar ao Ibama até o dia 5, ou seja, o próximo sábado. Fora disso, fica ilegal.

Ninguém vai preso, mas a multa para quem for flagrado com guaiamum nas mãos, algo muito comum nas cidades litorâneas, é pesada: R$ 5 mil por unidade ou R$ 60 mil por dúzia, a medida mais usada.

Perdas e ganhos — Os ambientalistas, que há muito cobram a proibição como forma de preservar a espécie, festejam. Mas a cadeia de bares e restaurantes (com os respectivos fornecedores) que se formou em torno da comercialização do crustáceo, lamenta, como o sr. Antonio Santos, morador do bairro do Jacaré, em Valença, que capturava em torno de cinco a 10 dúzias por semana, vendidas a R$ 30.

— Vai tirar um pedaço do meu já pequeno ganha-pão.

Todavia, ele admite que mesmo perdendo, ou se tomava uma providência ou guaiamum iria virar coisa do passado em pouco tempo:

— Estamos andando cada vez mais longe. O bicho está sumindo mesmo.

Joaquim Neto: ‘WxO não dá’

Citado como um dos eleitos pela oposição que estão inclinados a bandear para o governo, o prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto (DEM), descarta categoricamente qualquer intenção de mudar de lado.

Ele se diz satisfeito onde está. E também que comentou com o próprio Rui Costa:

— Eu disse a ele: ‘Você já tem lá Joseildo Ramos (deputado e ex-prefeito), Paulo César (ex-prefeito) e Radiovaldo. Se eu for, vai ser WxO. 

Salto turístico em Salvador

José Alves, secretário de Turismo do Estado, acordou cedo ontem. Nas primeiras horas da madrugada acompanhou no Aeroporto de Salvador o desembarque dos passageiros do voo inaugural Miami-Salvador, que acontecerá sempre nas madrugadas de segunda.

Ele diz que o voo da Latam é um forte incremento aos voos internacionais na Bahia e cita que a política do Estado de ‘aliviar’ no ICMS do combustível  de aviação  ajuda.

A terra mater pede socorro

 O trade turístico de Porto Seguro está preocupado. Os índices de violência lá ligaram o alarme.  De janeiro para cá, 77 assassinatos, 22 deles só em abril, três dos quais de deficientes mentais, um deles queimado vivo em plena luz do dia.

O medo do pessoal do trade é que tal situação comece a afugentar turistas. Afinal, embora os crimes tenham ocorrido na própria comunidade, a má fama nunca casou com descanso.

Valéria Monteiro também está na corrida presidencial

E por falar em Porto Seguro, a jornalista Valéria Monteiro, que já apresentou na Globo o Fantástico, o Jornal Hoje e o Jornal Nacional, curte o feriadão lá e conta novidades.

Está lá porque o pai é dono da pousada Privilage, em Arraial da Ajuda, mas em entrevista a Ubaldino Junior, no Programa Livre, da Rádio Porto Brasil FM, contou que está na briga presidencial, tentando a vaga para a disputa no PMN, ainda em querela com o presidente da sigla, Antonio Carlos Massarollo, que não quer. 

Valéria, que postou um vídeo desafiando Jair Bolsonaro – com mais de 6 milhões de visulalizações – vai a Ilhéus, Santo Antônio de Jesus e Salvador, “com tudo pago do meu”. A Tarde


Categorias

Agricultura - Meio Ambiente Bahia Culinária Curiosidades Economia - Negócios

Enquete


PodCast