Cidades


Notícias



Colunistas


Notícias

Inauguração de Centro de Terapia no primeiro dia das comemorações aos 56 anos de DOM MACEDO COSTA

Por ANTONIO MASCARENHAS

Com hasteamento de bandeiras e sessão solene na Câmara de Vereadores, iniciou-se, na manhã dessa quarta-feira, 04, a série de eventos que fazem parte da grade de programação, no tocante ao aniversário de 56 anos de emancipacão política de Dom Macedo Costa, muncípio situado a 179 km da capital do estado (e a 98, através do ferry-boat), recôncavo baiano. Coube a Bahia a condução dos trabalhos, na condição de presidente egrégia casa legislativa, com participação dos demais vereadores, prefeito Guito da Saúde, vice Sinhorzinho, deputado estadual Robinson Almeida, vereador Valmir de Muniz Ferreira, diácono e futuro padre Jorge, outras lideranças e representantes de diversos segmentos do município.

Logo após o Hino Nacional, saudações pelo presidente da Câmara que, por sua vez, cedeu espaço para que Élida Piton (Secretária de Educação), falasse um pouco sobre a  história do município. Dom Macedo Costa que foi iniciada com a chegada de produtores egressos de Maragogipe, no século XVII. Eles que, em aqui chegando, deram impulso à  agricultura e pecuária. Élida, em sua fala, enfatizou que, no século XVIII, a freguesia foi dividida em em quatro, dentre elas, a de São Felipe.  Naquele período desenvolveu-se diversas fazendas, entre elas, a de São Roque que originou o povoado São Roque do Bate Quente que, inclusive, foi tema das festividades juninas de 2017.  Elevado à categoria de município com a  Dom Macedo Costa,foi emancipado em 04 de abril de 1962.

Em seguida, as falas de Juracy Santos (vereador e radialista) que se confessou regozijado em representar os demais vereadores nesse pronunciamento. Juracy que tem feito um meritório trabalho junto à egrégia casa legislativa. Ele que, diga-se de passagem, apresentou um projeto objetivando a isenção de taxas de inscrição para as camadas carentes, quando da realização de concursos públicos. Valmir, vereador de 3o mandato em Muniz Ferreira, agradeceu pelo convite e enalteceu as comemorações alusivas aos 56 anos de emancipação de D.M. Costa 

Robinson Almeida, ex-Secretário de Comunicações na gestão Jaques Wagner e deputado federal, pré-candidato à reeleição, além de cumprimentar a todos e destacar a pujança da gestão Guito da saúde/Sinhorzinho, aproveitou o ensejo para reportar-se à conjuntura politica nacional. Ele que tem procurado ajudar o município junto ao governo estadual. Em entrevista exclusiva à Tvsaj, através do repórter Juraci Santos, tece considerações sobre as solenidades e inauguracões no município. 

A Secretária de Sáúde, Luana Piton, por sua vez, utilizando-se da tribuna, logo após saudar a todos os presentes, falou acerca do esforço conjunto de todas as pastas do atual governo municipal no intuito de atender, dentro do possível, os pleitos que emergem no seio da população, em todas as áreas. Em que pese as dificuldades, conquistas têm sido auferidas, graças  à abnegação de todos. Finalizando, convidou a todos para participarem da inguaurgação do Centro de Terapia e dos demais momentos das festividades. 

O prefeito Guito da Saúde, logo após saudações, destacou a importância das comemorações, de maneira que permaneçam vivas as chamas do desenvolvimento. Aproveitando o ensejo, elencou uma série de realizações de sua gestão, anunciando, ainda, obras de pavimentação e reforma do campo de futebol, e extensão de abastecimento de água para comunidade rurais. Realçou a importância da Feira de Agricultura que será realizada aos dias de domingo, no centro da cidade. 

Terminada a sessão da Câmara, foi inaugurado o Centro de Fisioterapia. Coube à titular da pasta , Luana Piton, discorrer sobre a importância desse equipamento para o município. Ela que, em entrevista exclusiva à tvsaj. também falou sobre o projeto de "saúde itinerante" que será deflagrado no município, a ser desenvolvido em comunidades urbanas e rurais. Falou, também, acerca da situação logística e operacional da saúde, no que concerne aos veículos e estoque de medicamentos para atendimento à demanda reinante no seio da população. 

 

O povoamento do território onde hoje situa-se o município de Dom Macedo Costa iniciou-se no século XVII, por agricultores vindos de Maragogipe que se estabeleceram na localidade desenvolvendo a agropecuária. A freguesia foi repartida em quatro no decorrer do século XVIII, entre elas a de São Felipe, criada em 1718. Naquele período desenvolveu-se diversas fazendas, entre elas, a de São Roque que originou o povoado São Roque do Bate Quente. Foi elevado à categoria de município com a denominação de Dom Macedo Costa, em 04 de abril de 1962, desmembrado de São Filipe.Fotos, Antonio Mascarenhas. Veja TODAS as fotos através do link FOTOS, NO TOPO DO SITE. Publicaremos entrevistas.


Categorias

Bahia Curiosidades Eventos Política Recôncavo Saúde

Enquete


PodCast