Cidades


Notícias



Colunistas


Notícias

Casais empreendem, se capacitam e atuam juntos em prol do próprio negócio

Segundo a pedagoga Caroline Sampaio, que abdicou da carreira de educadora para gerenciar seu empreendimento no município, o Salão Imperial, todo o trabalho na empresa é feito em parceria com seu esposo. “É um ajudando o outro. É aquele ditado que diz que ‘uma mão lava a outra’. Temos duas empresas – ele me ajuda no salão de beleza que gerencio e eu ajudo ele na loja de cosméticos que ele gerencia. Os resultados, sem dúvidas, são melhores”, destaca.

Para ela, a atuação do Sebrae na região é fundamental para o desenvolvimento dos empreendimentos. “Estamos muito felizes, porque agora o Sebrae está mais ativo na nossa cidade, mais atuante e, para nós, é gratificante participar dos cursos, ver o Sebrae visitando nossas empresas, oferecendo determinados cursos para atualização e para que possamos trazer novidades para o comércio. Tudo isso é muito importante”, acrescenta.

Quem também vive essa cumplicidade nos negócios é Ivan Andrade, que tem 10 anos no mercado de materiais de construção. Ele e sua esposa administram a Jean Madeireira, empresa com unidades em Cruz das Almas e Santo Antônio de Jesus. Segundo o empresário, cada um desempenha atividades diferentes, que, no final, se complementam. “Um não pode influenciar na área do outro para chegar a um bom êxito no mercado e na própria empresa. O que acontece é que um completa o outro no seu trabalho, em prol do alcance de resultados”, conta.

O casal também participou da última edição do circuito Desafios do Crescimento e vê no evento um incentivo. “A parte teórica explanada nas palestras é importante, mas o que precisa valer mais é a atitude. O empresário precisa partir para a prática e não ficar somente na teoria. As palestras são uma forma de incentivar a nós, empresários, a entender o outro lado da moeda que não enxergamos. Porém, se não tivermos atitude para agir de acordo com os novos conceitos, não teremos resultados”, conclui.

Para ele, a atuação do Sebrae no Recôncavo proporciona mais desenvolvimento para a região. “O Sebrae desempenha um papel importante, sobretudo de acelerar o desenvolvimento de empreendedores na região. O trabalho está sendo bem feito, é incentivador e acredito que, com isso, surgirão novos empreendimentos. E, consequentemente, mais empregos e desenvolvimento”, completa o empreendedor.

Circuito Desafios do Crescimento

Desde a última terça (13), o Sebrae vem realizando o seminário Desafios do Crescimento. O evento passou pelas três principais cidades das regiões do Recôncavo e Baixo Sul do estado: Santo Antônio de Jesus, Valença e Cruz das Almas. Empreendedores desses municípios e de outros circunvizinhos puderam se capacitar com o acesso a dados econômicos e novas tendências de mercado.

Para o gerente regional do Sebrae em Santo Antônio de Jesus, Carlos Henrique Oliveira, a sensação é de missão cumprida, sobretudo com o êxito de público e participação dos empreendedores. “Foi extremamente gratificante realizar o circuito Desafios do Crescimento, com que passamos por três cidades com uma dinâmica empresarial muito interessante. Cada uma com suas peculiaridades, mas todas com uma intensa participação”, avalia o gerente. “Em Santo Antônio de Jesus, Cruz das Almas e Valença, alcançamos um total de 550 empresas inscritas e participantes dessa capacitação”.

Para Carlos Henrique, a capacitação leva informação qualificada, com a análise de cenário econômico e explicando o que o empresário pode fazer daqui para a frente, fortalecendo a sua atividade empresarial. “Tivemos a participação maciça de empresários, fortalecendo também a agenda do Sebrae”, finaliza.

Agência Sebrae de Notícias Bahia


Categorias

Empreendedorismo

Enquete


PodCast