Cidades


Notícias



Colunistas


Notícias

Após audiência, Justiça decide manter prisão de ʹrei dos suplementosʹ

Em audiência de custódia realizada na tarde desta terça-feira (10), a Justiça Federal decidiu manter a prisão do empresário Ricardo Peixoto Silva, o ʹrei dos suplementosʹ, preso desde a última segunda (9) em Feira de Santana sob a suspeita de atuar em uma fabricação clandestina de suplementos alimentares, que eram distribuídos para todo o Nordeste. Ele também é investigado em fraudes contra a Caixa Econômica Federal em um montande que chega a mais de R$ 6,5 milhões. Na operação em que ele foi preso, foram bloqueados três de seus imóveis, além de três veículos e uma lancha. Mais de cinco toneladas de suplementos também foram apreendidos na operação.

Ricardo foi preso em Feira, mas encaminhado para a Superintendência da Polícia Federal, em Salvador. Nesta terça, ele foi novamente para a cidade do interior para passar pela audiência de custódia, uma vez que o processo foi movido pela 3ª Vara da Justiça Federal de Feira. Após a decisão, ele foi encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana. A polícia descobriu as fraudes do empresário após  receber uma denúncia do marido de uma mulher com quem o empresário manteve um relacionamento extraconjugal. Desde 2016 o homem teria mandado pessoas disparararem contra Ricardo, mas ele sobreviveu a todos ataques. Como uma última carta na manga, o homem contratou cinco advogados para investigar a vida do empresário,que descobriram a fábrica clandestina de suplementos, e denunciaram o caso a Polícia Federal. Metro 1


Categorias

Bahia Brasil Comportamento Curiosidades Polícia

Enquete


PodCast