Cidades


Notícias



Colunistas


Notícias

Estado da Bahia apoia dezenas de instituições e museus, diz Jorge Portugal

A abertura da 10ª Primavera de Museus nesta terça (20) no Palácio da Aclamação, em Salvador, foi marcada por chamamento do secretário de Cultura (SecultBA), Jorge Portugal, para que a sociedade conheça a amplitude das ações da secretaria na área museológica da Bahia.

O secretário lembrou que, além dos museus estaduais, como o MAM (Museu de Arte Moderna), MAB (Museu de Arte) e Palacete das Artes, a SecultBA também apoia financeiramente outros equipamentos como o Museu da Misericórdia da Santa Casa, a Fundação Casa de Jorge Amado e Museu Costa Pinto, todas instituições privadas, via Fundo de Cultura.

A continuidade da campanha #MusEuCurto até o verão de 2017 também foi anunciada pelo secretário. “Com a campanha no ano passado (2015) e a Semana de Museus em maio deste ano, aumentamos em 60% a frequência dos museus”, afirma Portugal. Leia Mais »

ECONOMIA DA CULTURA – Vinculado à SecultBA, o IPAC administra os museus estaduais. “Iniciamos o plantio de 250 mudas de árvores, com 20 palmeiras imperiais no Passeio, 30 mudas de bambu adulto no Palacete das Artes e 200 árvores frutíferas no Parque Castro Alves, em Cabaceiras, na antiga fazenda onde o poeta nasceu e que hoje é um museu”, explicou o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira.

O dirigente comentou depois sobre o Aplicativo do Patrimônio da Bahia para o Google Maps (confira: http://goo.gl/um01XL) lançado pelo instituto, e fez apresentação do parque imobiliário do IPAC no Centro Histórico de Salvador. A doação das árvores foi iniciativa da Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (ABAF) e a Caetá Ambiental.Tribuna Reconcavo 


Categorias

Acervos Culturais e Históricos Arte e Cultura Bahia Curiosidades Política

Enquete


PodCast