Cidades


Notícias



Colunistas


Notícias

Justiça

Notícias | postado por: Mascarenhas

Segundo delegada, suspeita é que ela tenha se afogado, nesta sexta. Outro parente foi vítima de homicídio na noite anterior. Irmã da mãe do jogador Daniel Alves, do PSG (França) e da Seleção Brasileira, Marlúcia Francisca Ribeiro Capistana, 46 anos, foi encontrada morta no Rio Salitre, afluente do Rio São Francisco, na manhã desta sexta-feira (18). 

A titular da 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Juazeiro, na região do Vale do São Francisco, informou ao CORREIO que, provavelmente, ela tenha caído no rio e se afogado. “A família acredita que ela tenha passado mal e caído no rio. O corpo já foi periciado e está aguardando a família”, disse ela.Ainda de acordo com a coordenadora da 17ª Coorpin, outra pessoa da família do atleta foi encontrada morta, desta vez vítima de homicídio, na noite desta quinta (17). No entanto, ainda não é possível fazer qualquer tipo de relação entre os casos. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

A caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo Nordeste nem começou e já tem a primeira pedra no caminho do petista. A Justiça Federal deferiu a liminar cancelando a entrega do título de doutor honoris causa ao ex-presidente concedido pela Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), criada na gestão do petista, em 2005. A cerimônia para homenagear o petista estava marcada para ocorrer na sexta-feira, 18, no município de Cruz das Almas, e é um dos roteiros do tour do petista pela região.

A determinação, do juiz Evandro Reimão dos Reis, da 10.ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária da Bahia, estipula a suspensão do evento para esta "ou outra qualquer data". "A solenidade encontra-se marcada para o dia 18/08/2017 e sua realização frustra a prestação jurisdicional, porquanto, acaso procedente a pretensão, não será possível retroceder no tempo para desconstituir a solenidade", diz o magistrado. O recurso foi apresentado pelo vereador soteropolitano Alexandre Aleluia (DEM). Ainda de acordo com o juiz, o ofício será encaminhado para a Polícia Federal, "para que (a PF) esteja presente na data e local anunciados da entrega da honraria e, em caso de descumprimento desta decisão, adote as medidas cabíveis"

Notícias | postado por: Mascarenhas

Por Rayllanna Lima

Preso desde a última terça-feira (15), Edilson ‘Capetinha’, pentacampeão mundial, continua custodiado na Polícia Interestadual (Polinter), no Vale dos Barris. Essa é a terceira vez que ex-jogador é preso por dívida de pensão alimentícia. Em julho, quando foi preso em Brasília, o montante estava estimado em R$ 430 mil. Além disso, seus bens estão penhorados para pagar dívidas trabalhistas estimada em quase R$ 10 milhões. 

De acordo com o diretor do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIP), delegado Ivo Tourinho, o caso segue em segredo de justiça, mas nos próximos dias Capetinha poderá ser encaminhado para o Complexo Prisional da Mata Escura. 

“Estamos aguardando vaga no sistema prisional para que seja feita a transferência. A determinação judicial que recebemos para cumprir tem prazo de trinta dias, ou até que seja feito o pagamento, e o juiz autorize a soltura do custodiado. Se não houve pagamento nesse prazo, ele será solto”, explica. O prazo citado pode ainda ser prorrogado para 60 dias.

Notícias | postado por: Mascarenhas

O ex-jogador Edilson Capetinha foi detido na tarde desta terça-feira (15) por agentes da Polícia Interestadual (Polinter), no Shopping Barra. De acordo com o portal Bocão News, a polícia informou que o motivo da condução de Edilson à unidade ainda não foi confirmado, mas que provavelmente a razão foi o não pagamento de pensão alimentícia. Edilson já esteve detido por não pagar a pensão em julho de 2012 e em julho de 2016. O ex-jogador foi revelado no Vitória e teve passagem pelo Corinthians, além de jogar pela Seleção Brasileira.Metro 1

Notícias | postado por: Mascarenhas

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) vai pedir para o Ministério Público (MP-BA) ajuizar uma ação penal pública condicionada contra o advogado Felisberto Odilon, que afirmou em uma entrevista a Rádio CBN que na Corte baiana não tem nem 10% de juízes honestos. A proposta foi apresentada na manhã desta quarta-feira (9), durante o início da sessão plenária do TJ. A Associação dos Magistrados da Bahia (Amab) também vai mover uma ação com pedido de indenização contra o advogado por ofensa aos juízes baianos.

O desembargador Mario Albiane Júnior, em um pronunciamento, disse que o discurso do advogado Felisberto é “revestido de ódio e permeado por palavras de baixo calão”, e imputou ao desembargador do Tribunal de Santa Catarina, Eduardo Gallo, “acusações serias, de fatos graves, que merecem ser apurados, e esclarecidos, e se for o caso, devidamente punidos”. Albiane ainda disse que em entrevista a CBN, o causídico, “de forma absolutamente irresponsável, desequilibrada, vil e preconceituosa, teceu insinuações de cunho difamatório sobre a magistratura baiana”, afirmando que “nós conhecemos tribunais como da Bahia, que são podres inteiramente”.  

Notícias | postado por: Mascarenhas
Por Jairo Costa, com Luan Santos

Acusado de estuprar e assediar sexualmente servidoras quando era secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos da Bahia, o promotor Almiro Sena pode ser promovido ao cargo de procurador de Justiça do Ministério Público estadual (MP). Preso em regime domiciliar, Sena está na nova lista de antiguidade aprovada pelo Conselho Superior do MP na terça-feira passada. Ele aparece em 33º lugar na fila de promotores de entrância final com possibilidade de chegar ao topo da carreira por tempo de serviço. Como ainda não foi condenado à perda de função pública, Sena tem direito legal à promoção caso se torne o mais antigo da relação. Diferente dos promotores, que atuam em processos julgados na primeira instância, os procuradores representam o MP nas ações com grau de recurso junto ao Tribunal de Justiça.

Notícias | postado por: Mascarenhas

Um ex-candidato a vereador de Itamaraju, município do sul da Bahia, foi preso após ter supostamente aplicado diversos golpes na população. Diaime Cerqueira Rocha, de 32 anos, é acusado de cobrar até R$ 1,5 mil para "viabilizar" a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e, no fim, aplicar golpes nos moradores.  De acordo com informações da Polícia Civil, mais de 40 pessoas já relataram ter sido vítimas de Rocha, que nega. "Ele se aproximava das pessoas e oferecia facilidades junto ao Ciretran para retirada de CNH. Geralmente, se aproveitava de pessoas com menos estudo, que não sabem ao certo como funciona o procedimento", destacou o delegado Bruno Ferrari, responsável pelo caso. De acordo com informações do G1, o ex-candidato a vereador cobrava de R$ 800 até R$ 1,5 mil, mas as pessoas nunca conseguiam acessar as carteiras de habilitação.  "Conforme relato das vítimas, ele também conseguia dinheiro das pessoas com a promessa de venda de consórcio. Além disso, outra vítima relatou que ele teria pegado um carro dela para vender e que, depois disso, não a repassou o dinheiro", afirmou a polícia. A prisão preventiva do ex-vereador foi decretada após as denúncias.

Notícias | postado por: Mascarenhas

 

ÉPOCA teve acesso à íntegra das fotos que registram a organização e o empacotamento dos R$ 2,4 milhões em cash entregues a mulas do presidente Michel Temer, do senador Aécio Neves e do doleiro Lúcio Funaro.

"Quem é que fica andando com 500 mil de um lado para o outro?!", perguntou, entre nervoso e espantado, o empresário Frederico Pacheco ao lobista Ricardo Saud, da JBS, na tarde do dia 12 de abril deste ano. Fred, como é conhecido o primo do senador Aécio Neves, estava no escritório de Saud, em São Paulo, para apanhar a segunda parcela de R$ 500 mil dos R$ 2 milhões acertados entre o presidente do PSDB e Joesley Batista dias antes. Fred fora designado para a tarefa por Aécio, como registrado em áudio pelo próprio senador: "Um cara que a gente mata antes de fazer delação". A Polícia Federal monitorava o encontro – uma ação controlada, autorizada pelo ministro Edson Fachin, relator do caso no Supremo Tribunal Federal. Fred estava desconfortável. Não aceitou água nem café.

Notícias | postado por: Mascarenhas

O julgamento de uma disputa de R$ 35 milhões foi o pano de fundo de uma discussão acalorada no Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), ocorrida na tarde desta quinta-feira (3). Durante sustentação oral na 1ª Câmara Cível, o advogado Felisberto Odilon Córdova acusou o desembargador Eduardo Gallo, relator do processo, de ter lhe pedido R$ 750 mil para julgar favoravelmente aos seus interesses.  O desembargador afirmou que a denúncia é infudada e deu ordem de prisão ao advogado, reclamou dos xingamentos e disse que nunca foi chamado de vagabundo em 25 anos de magistratura. O presidente da Câmara, Raulino Brunning, pediu vistas dos autos e suspendeu o julgamento. O Ministério Público e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) serão oficiados para acompanharem o caso. O vídeo viralizou nas redes sociais. Pré-título, Tvsaj. Foto Diarinho. Matéria Bahia Noticias. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está mais uma vez no banco dos réus. O juiz federal Sérgio Moro aceitou nesta terça-feira, 1, a denúncia do Ministério Público Federal contra o petista por corrupção e lavagem de dinheiro nas obras do sítio Santa Bárbara, em Atibaia, interior de São Paulo. Esta é a terceira denúncia contra Lula que Moro recebe. Ao todo, na Lava Jato e também nas Operações Zelotes e Janus, o ex-presidente Lula é réu em seis ações penais. Na ação do caso triplex, o petista foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 9 anos e 6 meses de prisão. 

Também se tonaram réus outros 12 investigados, entre eles o empresário Emilio Odebrecht, patriarca da empreiteira, e o advogado e compadre de Lula, Roberto Teixeira. São acusados os executivos Alexandrino de Salles Ramos de Alencar e Marcelo Bahia Odebrecht, Carlos Armando Guedes Paschoal e Emyr Diniz Costa Júnior, todos da Odebrecht, Paulo Roberto Valente Gordilho, Agenor Franklin Magalhães Medeiros, José Adelmário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, todos da OAS

02
Ago
2017

Charge do dia

Notícias | postado por: Mascarenhas

Nani para Charge Online

Notícias | postado por: Mascarenhas

Demilton de Castro e Florisvaldo de Oliveira estavam suando. No estacionamento da JBS em São Paulo, eles tentavam, sem sucesso, enfiar uma volumosa caixa de papelão num limitado porta-malas de Corolla. Plena segunda-feira e aquele sufoco logo cedo. Manobra para cá, manobra para lá e nada de a caixa encaixar. Até que, num movimento feliz, ela deslizou. Eles conseguiram. Estavam prontos para desempenhar a tarefa que fora designada a Florisvaldo. E que ele tanto temia. Dez dias antes, Florisvaldo despencou até uma rua na Vila Madalena, também em São Paulo, para fazer uma espécie de "reconhecimento do local" onde teria de entregar R$ 1 milhão em espécie.

Seu chefe, o lobista Ricardo Saud, havia encarregado Florisvaldo do delivery de propina para o então vice-presidente da República, Michel Temer. O funcionário, leal prestador de serviço e carregador de mala, não queria dar bola fora. Foi dar uma olhada em quem receberia a bufunfa. Ao subir as escadas do prediozinho de fachada espelhada, deu de frente com a figura inclemente de João Baptista Lima Filho, o coronel faz-tudo de Temer. "Como é que você me aparece aqui sem o dinheiro?", intimou o coronel. "Veio fazer reconhecimento de que, rapaz?" Florisvaldo tremeu. "Ele me tocou de lá", comentou com os colegas, ainda assustado. Receoso da bronca que viria também do chefe, Florisvaldo ficou quietinho, não contou a Saud que a entrega não fora feita.

Notícias | postado por: Mascarenhas

Uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE) revelou que 81% dos brasileiros são a favor da abertura de processo para investigar o presidente Michel Temer (PMDB) por corrupção. O levantamento foi encomendado pela ONG Avaaz, que avaliou o posicionamento dos eleitores sobre a atuação dos deputados federais na sessão de votação que pode definir a abertura de um processo contra o peemedebista. A votação está marcada para esta quarta-feira (2).

O questionamento foi: "O senhor ou senhora acredita que os deputados federais devem votar a favor ou contra abertura do processo que torna o presidente Michel Temer réu por crime de corrupção?". 81% dos entrevistados votaram a favor e 14% contra. O índice de quem não sabe ou não respondeu foi de 5%.O instituto ouviu mil pessoas por telefone entre do dia 24 ao dia 26 de julho. A margem de erro máxima é de três pontos percentuais.mETRO 1

Notícias | postado por: Mascarenhas

A Polícia Federal não está monitorando a prisão domiciliar de Geddel Vieira Lima em Salvador. Segundo informações apuradas pelo G1, o órgão alega não ter sido notificado pela Justiça para acompanhar o ex-ministro, impedindo, por exemplo, a saída dele da sua residência e o contato com outros investigados. "Enquanto não tiver nenhuma intimação [da Justiça Federal], a gente não tem nada a responder", informou a assessoria de imprensa da superintendência da PF na Bahia. Geddel foi preso pela Polícia Federal no último dia 3 de julho por suspeita de tentar obstruir as investigações da Operação Cui Bono, que investiga fraudes na liberação de crédito da Caixa Econômica Federal. Ele foi vice-presidente de Pessoa Jurídica do banco entre 2011 e 2013 e teria autorizado empréstimos irregulares em troca de propina. No dia 12 de julho ele foi liberado para prisão domiciliar mesmo sem tornozeleira eletrônica, por conta da falta do equipamento.Bahia Noticias. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

O deputado estadual Marcell Moraes (PV) prometeu ingressar no Ministério Público da Bahia (MP-BA) com uma ação contra o abate de jumentos para consumo humano na cidade de Amargosa, no Recôncavo Baiano. Na quarta (26), o frigorífico Frinordeste anunciou que começaria a prática visando a exportação para o mercado asiático (leia aqui). O parlamentar afirmou já ter agendado uma visita ao município contra o que chama de “extermínio de animais indefesos”. Segundo Moraes, a produção pode culminar na extinção do animal. "Iniciaram a matança desses animais sem apresentação de nenhum estudo de impacto ambiental. Nos últimos 10 anos, sem intervenção para o abate, essa população de jumentos está caindo. Imagina se simplesmente começarmos a abatê-los? Espero que o governador Rui Costa seja coerente e sensível à causa animal e reverta essa situação", enfatizou o político. Ainda segundo o deputado, o consumo humano da carne de jumento pode ser perigoso, pelo risco de contração de doenças. "Esses animais possuem a capacidade de ter algumas doenças que muitas vezes nem apresentam sintomas. Não há comprovação alguma sobre os riscos sanitários do consumo dessa carne e muito me admira o início da produção sem um amplo estudo que descarte todos os riscos de contaminação e transmissão de zoonoses", explicou.

Notícias | postado por: Mascarenhas

Orientações jurídicas em diversas áreas, exames gratuitos de DNA e mediação de conflitos extrajudiciais serão oferecidos aos moradores na praça principal da Urbis IV, das 8 às 17h
Os moradores do Conjunto Urbis IV, em Santo Antônio de Jesus, receberão orientação jurídica e terão a oportunidade de resolver os mais diversos tipos de conflitos extrajudiciais e realizar exames de DNA, para investigação de paternidade, de forma gratuita, no dia 4 de agosto. É a Unidade Móvel de Atendimento da Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA, que realizará os atendimentos na praça principal da Urbis IV, que fica na Via Coletora A, das 8 às 17h.
Durante todo o dia, os defensores públicos vão oferecer orientações jurídicas e intermediar casos extrajudiciais em diversas áreas. “A proposta da Unidade Móvel é ampliar o atendimento da Defensoria Pública e fazê-la chegar à população das comarcas que ainda não têm um defensor público. Durante a nossa visita, além de orientações jurídicas, vamos tentar a resolução extrajudicial de casos de alimentos, regulamentação de visitas e guardas dos filhos, divórcio consensual, regularização de débito de pensões alimentícias e conflitos de direito de vizinhança. Nosso objetivo é
garantir os direitos da população”, explica o defensor público e coordenador da Unidade Móvel, Márcio Marcílio.


Notícias | postado por: Mascarenhas

Por ordem do juiz federal Sérgio Moro, R$ 419.193,53 confiscados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram depositados em contas judiciais nesta segunda-feira (24). O juiz já havia mandado o Banco Central bloquear R$ 606.727,12 do petista, na última terça-feira (18). Foram confiscados ainda outros R$ 9 milhões do ex-presidente na BrasilPrev. O congelamento dos ativos de Lula foi decretado a pedido do Ministério Público Federal.

Os R$ 606,7 mil foram encontrados inicialmente em quatro contas de Lula: R$ 397.636,09 (Banco do Brasil), R$ 123.831,05 (Caixa Econômica Federal), R$ 63.702,54 (Bradesco) e R$ 21.557,44 (Itaú). Além do dinheiro, também foram confiscados por Moro três apartamentos, um terreno e dois veículos do ex-presidente. O pedido de bloqueio do dinheiro de Lula foi realizado pelo Ministério Público Federal em 4 de outubro de 2016. A decisão que manda confiscar os valores é de 14 de julho deste ano.etro 1

 

 

Notícias | postado por: Mascarenhas

Condenado pelo crime de lesão corporal contra Luiza Brunet, o empresário Lírio Parisotto, ex-marido da modelo e atriz, criticou a Lei Maria da Penha, durante um encontro com dois deputados federais em um restaurante de São Paulo. "Leizinha vagabunda é essa tal da Maria da Penha. Vocês tinham de revogá-la", disse o empresário, depois de elogiar a reforma da Previdência e garantir que apoia as duras medidas propostas pelo governo. A informação é da revista Veja.  

A declaração de Parisotto vem pouco menos de dois meses depois de ele ser condenado pela Justiça de São Paulo a cumprir prisão em regime aberto por dois anos e um ano de prestação de serviço à comunidade pelo crime de lesão corporal conta a ex-mulher. A decisão é da juíza Elaine Cristina Monteiro Cavalcanti, com base no artigo 129 do Código Penal. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

O juiz federal Sérgio Moro mandou citar e intimar o ex-presidente Lula sobre o bloqueio de seus bens. A carta precatória, comunicado que um juiz envia a magistrado de outra Comarca, foi encaminhada à Seção Judiciária de São Bernardo do Campo, cidade da Grande São Paulo onde mora o petista.

De acordo com Estadão, o documento indica um prazo de 15 dias para Lula, por meio de seu advogado, apresentar resposta à medida requerida pelo Ministério Público Federal. Em anexo, será enviado ao ex-presidente o pedido de confisco, feito pelo Ministério Público Federal, em outubro do ano passado, e a decisão de Moro que ordenou as medidas assecuratórias.

Notícias | postado por: Mascarenhas

Dupla é condenada por matar um homem com cerca de 100 golpes de tesoura na cidade de Feira de Santana (a 109 quilômetros de Salvador). O julgamento aconteceu nesta quinta-feira, 13, e Thiago Santos Gomes, o “Zoi”, recebeu pena de 23 anos e 80 dias de prisão e o comparsa dele, Antônio Carlos Machado dos Santos, o “Júnior Pato”, a 23 anos e 6 meses.

A vítima, o ex-presidiário Edmilson de Jesus Alves, 39 anos, foi morta no início de 2016. O corpo foi encontrado em uma cova rasa em fevereiro de 2016 já em estado de putrefação. Segundo o site Acorda Cidade, Edmilson foi torturado e começou a ser golpeado com a tesoura ainda vivo.

“É como se eles estivessem tentando arrancar a cabeça da vítima com tesouradas, a vítima estava viva no momento em que estava recebendo os golpes de tesoura. Eles apedrejaram e deformaram o rosto da vítima. Pela distância, eles tiveram dificuldades de levar o corpo do local onde foi praticado o crime até onde o corpo foi enterrado", afirmou o delegado Jean Souza, titular da Delegacia de Homicídios, ao Acorda Cidade.

Notícias | postado por: Mascarenhas

O promotor de justiça Almiro Sena foi preso em cumprimento ao mandado expedido pelo desembargadorMario Alberto Simões Hirs, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Ele foi detido nesta quarta-feira, 12, ao se apresentar na 10ª Vara Criminal, na Sussuarana, em Salvador.

De acordo com a Polícia Civil, agentes da Polícia Interestadual (Polinter) foram informados da presença do promotor no local e enviaram uma equipe para cumprir o mandado de prisão preventiva. O procedimento foi acompanhado por um promotor do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

Almiro Sena, que responde a processo por assédio sexual cometido quando exercia a função de secretário de Justiça da Bahia, foi encaminhado para o 12º Batalhão da Polícia Militar (PM), em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador.

Notícias | postado por: Mascarenhas


Aos 71 anos de idade, Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A condenação do juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal, em Curitiba, é a primeira do ex-presidente na Operação Lava Jato.

“Entre os crimes de corrupção e de lavagem, há concurso material, motivo pelo qual as penas somadas chegam a nove anos e seis meses de reclusão, que reputo definitivas para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”, condenou Moro.

“Absolvo Luiz Inácio Lula da Silva e José Adelmário Pinheiro Filho das imputações de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo o armazenamento do acervo presidencial, por falta de prova suficiente da materialidade.” É a primeira condenação de Lula na Lava Jato. O ex-presidente responde como réu em outro processo aberto por Moro e ainda um na Justiça Federal, no Distrito Federal.

Notícias | postado por: Mascarenhas

 

 O deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) apresentou na tarde de hoje (10), parecer favorável à admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara por corrupção passiva. Segundo o relator, há indícios "sérios" e "suficientes" para que a Câmara autorize a instauração da ação penal contra Temer.

Para Zveiter, a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República "não é inepta, nem fantasiosa" como alega a defesa de Temer. Ele disse que ainda que a autorização do processo "é imperiosa" para que a sociedade conheça a verdade sobre o caso, desde que seja respeitado o direito da ampla defesa do presidente da República. "Na dúvida, autoriza-se a investigação para a sociedade conhecer o processo." 

Notícias | postado por: Mascarenhas

O Ministério Público do Trabalho (MPT) apontou que a Reforma Trabalhista, proposta pelo governo federal, é inconstitucional. A alegação foi realizada após o órgão ter produzido um estudo que apontou que as mudanças propostas nos projetos de lei ferem a Constituição Federal, as convenções internacionais e geram insegurança jurídica. O órgão ainda afirmou que, caso a reforma seja instituída, o impacto na geração de empregos seria negativo e o mercado interno ficaria fragilizado. O plenário do Senado Federal irá votar a reforma trabalhista nesta terça-feira (11). O MPT pede a rejeição integral do PLS 218/2016, que tramita no Senado Federal. De acordo com o MPT, a proposta precariza as relações de trabalho, viola o princípio geral dos contratos, agride os princípios trabalhistas básicos e, ao contrário do que afirma, não acarretará diminuição do desemprego.

Notícias | postado por: Mascarenhas

Quando, por volta de 2009, ela advogava para uma empresa de engenharia de Alphaville, em São Paulo, era a “doutora Luana”. Entre 2012 e 2015, contratada pelo SuperPop, da RedeTV!, virou “Luana Don”, a “repórter” sexy e cheia de curvas do programa comandado por Luciana Gimenez. Não se sabe exatamente desde quando, porém, Luana de Almeida Domingos, de 32 anos, assumiu uma nova identidade: “Carla”, o codinome que, segundo a polícia, ela usava na qualidade de integrante do núcleo de advogados que presta serviços à organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).Paulistana de classe média alta, filha de um arquiteto e de uma dentista e formada em direito pela Faap, Luana era procurada pela polícia desde o ano passado, quando teve sua prisão preventiva decretada na Operação Ethos. Passou oito meses foragida, até ser presa na terça-feira — escondida na casa de um tio, em Ilhabela, no litoral de São Paulo.

Notícias | postado por: Mascarenhas

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) será um dos citados na delação feita pelo ex-presidente da Casa Eduardo Cunha (PMDB), de acordo com informações da revista Veja. Segundo a publicação, o democrata teria sido apontado pelo ex-deputado como intermediário de interesses empresariais na máquina pública e destinatário de recursos de origem ilícita.

Cunha já havia mandado um recado para Maia na semana passada, direto da prisão onde está detido, em Curitiba. Por meio de um interlocutor que foi visitá-lo na cadeia, o ex-presidente da Câmara dos Deputados pediu que um amigo em comum “avisasse” a Maia que ele foi “lembrado” na delação.Metro 1

Notícias | postado por: Mascarenhas

 

O governo trabalha para aprovar a reforma trabalhista rapidamente para sinalizar aos agentes econômicos que a agenda de reformas está mantida, apesar da crise política que atinge o governo Temer. Apesar de a nova lei dar recursos para as empresas modernizarem seu funcionamento, especialistas em direito apontam que o texto traz vários pontos que podem prejudicar o trabalhador e causar insegurança jurídica.O Senado deve votar requerimento para urgência para o projeto nesta terça-feira, abrindo prazo para o texto ser levado a plenário em duas sessões administrativas – o que cairia no dia 10 ou 12 de julho.

A proposta aprovada na Câmara foi mantida integralmente, apesar de o próprio relator sugerir que o presidente vete seis itens considerados polêmicos. O eixo da proposta é de que as negociações entre os trabalhadores e empregados tenham validade em relação ao que determina a lei – com exceção de pontos não negociáveis, como férias, 13º salário, pontos relativos a segurança, entre outros. É o chamado “acordado sobre o legislado”, que visa evitar que um trabalhador entre na Justiça para pedir reparação – como compensação de horas ou afins – mesmo que sua categoria tiver concordado com a proposta da empresa.

09
Jul
2017

Charge do dia

Notícias | postado por: Mascarenhas

Charge Online

Notícias | postado por: Mascarenhas

Por ANTONIO MASCARENHAS

Informações fidedignas dão conta de que foi impetrada, por parte de um dos postulantes, uma ação junto à justiça eleitoral, tendo, no  seu bojo, o objetivo de ampliar de catorze para dezessete, o número de vereadores na egrégia casa legislativa municipal, em Santo Antonio de Jesus. Em se materializando esse intento, assumiriam as vagas os suplentes Adriana (irmã de Walter coelho), Nadinho Cabeleireiro e Fatima do Benfica (atual Secretária de Agricultura e Abastecimento, na gestão Rogério Andrade). 

Tal postulação está pautada no que dispõe o Art. 29, Inciso IV da Constituição Federal, cuja redação é formalizada através da Emenda 58/09. Nesse dispositivo, municípios com população de 80 a 120.000 habitantes poderá contar com 17 vereadores em suas bancadas. Nesse contexto, Santo Antonio de Jesus que, no último censo realizado pelo IBGE, conta com uma estimativa de 102.469 habitantes, insere-se nessa faixa. Consubstanciado nessa premissa, poderá ampliar o atual quadro legislativo para 17 nomes. especulações dão conta de que um outro nome poderá assumir uma vaga na Câmara, caso um dos atuais vereadores seja indicado a uma das secretarias municipais. Vamos ver o desenrolar dos fatos. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

Um levantamento feito pelo jornal Estadão aponta que, dos 513 deputados federais, 163 deputados são favoráveis à admissão da denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer e 57 (PMDB) são contrários. A maior parte dos parlamentares, contudo, respondeu que não vai manifestar seu voto ou se declarou indecisa. Duzentos e noventa e três deputados tomaram esse posicionamento.

O parecer do relator Sergio Zveiter (PMDB-RJ) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa deve ser divulgado na próxima semana, e o placar mostra que, dos 66 parlamentares do colegiado, 19 são favoráveis à aceitação da denúncia, 7 são contrários, 32 não responderam e 8 se declaram indecisos.

Para que a denúncia da Procuradoria-Geral da República contra Temer seja julgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a Câmara deve, antes, dar o aval. O processo é analisado na CCJ, que emite um parecer contrário ou favorável ao processo. Independentemente do resultado na comissão, o caso será votado no plenário. Para que seja encaminhada ao STF, a denúncia precisa do apoio de dois terços da casa (342 votos).

Notícias | postado por: Mascarenhas

 

Alexandre Garcia, em seu comentário, enfoca as últimas do cenário político nacional. Metropole.Confira

08
Jul
2017

Charge do dia

Notícias | postado por: Mascarenhas

Charge online

Notícias | postado por: Mascarenhas

Nua e crua Em fala a um grupo de investidores nesta quinta (6), o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) disse que, se depender do processo na Câmara, “dentro de 15 dias o país terá um novo presidente”. Para o tucano, a “instabilidade aumentou” com a prisão de Geddel Vieira Lima, o avanço da delação de Eduardo Cunha e a escolha de Sergio Zveiter (PMDB-RJ) como relator da denúncia na CCJ. Evidenciando que uma ala do tucanato rifou Michel Temer, afirmou que “o governo caiu”.

Olho no futuro Ao falar das reformas, Cássio Cunha Lima disse que, se Temer continuar no Planalto, as propostas não passarão. O senador ainda enfatizou que Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, já teria dado sinais de que não mexerá na equipe econômica se assumir o governo. “Maia deverá apresentar mais estabilidade.”

07
Jul
2017

Charge do dia

Notícias | postado por: Mascarenhas

Mariano para Charge Online

06
Jul
2017

Charge do dia

Notícias | postado por: Mascarenhas

Bruno Aziz para A Tarde e Charge Online

05
Jul
2017

Charge online

Notícias | postado por: Mascarenhas

Clayton para O Povo, CE

Notícias | postado por: Mascarenhas

Membro da Executiva Estadual do PMDB, o deputado estadual Hildécio Meireles, afirmou que esse momento é de ser solidário com o ex-ministro  Geddel Vieira Lima e com a sua família,  não apenas por todos os anos de convivência no mesmo partido, mas por tudo que ele fez pela Bahia. Segundo ele, essa não é a hora de o PMDB avaliar sua permanência. "E qualquer decisão e até mesmo juízo de valor é precipitado. Até porque nada se sabe de concreto em relação ao processo que o levou a prisão. E repito: é hora de sermos solidários e aguardamos mais clareza nos fatos. Não podemos julgar ninguém sem provas". 

Notícias | postado por: Mascarenhas

"O prefeito de Salvador, ACM Neto, preferiu não comentar a prisão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que aconteceu na tarde desta segunda-feira (3). Aliado, o chefe do Executivo soteropolitano afirmou, por meio de nota, que é necessário “aguardar os desdobramentos dos fatos, inclusive a manifestação da defesa, para se fazer juízo de valor acerca do episódio envolvendo o ex-ministro Geddel Vieira Lima”. “Nesta hora, quando as informações são muito preliminares, prefiro não antecipar nenhum juízo de valor até que tudo seja devidamente esclarecido”, apontou ACM Neto." Bahia Notícias. 

Por Antonio Mascarenhas

Analistas políticos asseveram que a ligação de Gedel ao prefeito de Salvador, nesse momento, poderá provocar ônus políticos, numa eventual campanha do chefe do executivo ao governo do Estado. Obviamente, tudo vai depender, evidentemente, do desdobramento que a situação possa ter. A situação de Gedel não é nada confortável, diante das denúncias que a cada dia, avançam na Operação Lavajato. Aqueles que outrora queriam ficar próximos a Gedel, hoje, querem distância. Como as acusações são preliminares, ele pode, naturalmente, reverter a situação. 

Notícias | postado por: Mascarenhas

O ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima foi preso preventivamente nesta segunda-feira (3) na Bahia, por decisão do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília. Ele deve ser levado ainda nesta segunda por agentes da Polícia Federal para Brasília.G1 procurou por telefone as advogadas de Geddel, a assessoria de imprensa do ex-ministro e o diretório do PMDB, mas não tinha conseguido contato até a última atualização desta reportagem.

Ex-deputado e ex-ministro dos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Michel Temer, Geddel era um principais nomes do PMDB no governo até pedir demissão, em novembro do ano passado, depois de supostamente ter pedido a intervenção do então ministro Marcelo Calero (Cultura) para liberar um empreendimento imobiliário em Salvador. À época, ele negou que tivesse feito pressão sobre Calero. No governo Temer, Geddel era um dos principais responsáveis pela articulação política com deputados e senadores.

Notícias | postado por: Mascarenhas

Os trabalhadores da capital baiana já estão mobilizados para o ato em prol da greve geral desta sexta-feira (30), em frente ao Shopping da Bahia. Até as 6h30 o número de manifestantes ainda não era expressivo, mas a estratégia de atuação dos rodoviários já gera impacto. Os ônibus saíram das garagens, mas estão fazendo bloqueios nas ruas, como em frente ao centro de compras, onde os motoristas têm parados os veículos. Alguns passageiros se queixaram da ação, por terem que seguir o caminho por meios próprios. “A gente está trazendo um minitrio e alguns carros de som. Vamos fechar essa pista até pra chamar atenção dos usuários de transporte, trabalhadores no geral, pra passar pra eles  o que vem acontecendo no país, porque isso não é só contra sindicatos e sim contra  todo o povo brasileiro. Ou nós arregaçamos as mangas, vamos pra luta, ou a gente vai perder tudo aquilo que já conquistou”, avaliou o vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Fábio Primo. Bahia Noticias


Enquete


PodCast