'Dose de Moro' pode deixar de ser cura para a corrupção e se transformar em doença