Ministro do STF diz que o Brasil não pode ser 'refém de qualquer categoria profissional'