Violência doméstica é 'democrática', diz juíza: 'Não escolhe cor ou classe social'