Isso é muito grave: "10% de honestos no TJ-BA: Advogado questiona como Corte que o acusa o julgará"